Meu Recanto
A minha escrita
Textos
Foi naquele lago
Nos meus miolos ainda existe aqueles aromas da floresta,
Serpenteada pelo caminho agreste que a atravessava,
E nós descíamos já de mão na mão e a mente levitando,
Caminhando para um paradigma que não se imaginava.

Ao fundo já se via a barragem, linda de água azul,
Com a um canto as duas pontes que se alongavam,
Abraçado a ti, já com a ânsia  de um louco apaixonado,
E as nossas vidas definitivamente se entrelaçavam.

O tempo tudo manteve inalterado, demais, na minha cabeça,
Talvez porque nela fosse encrustado com a força de forte amor,
Estava num momento de muita falta de carinho, muita esperança,
Todo meu ser desesperava para esquecer a tragédia e aliviar a dor.
Jacinto L Simões
Enviado por Jacinto L Simões em 13/01/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários